Retratografia #1 | Night Owl

Assumo já aqui, não sou muito boa em desafios. É verdade, começo sempre com imensa garra e vontade mas depois, lá pelo meio do caminho, acabo por deixar o tempo passar, por perder a motivação e a vida acontece pelo meio. Mas este ano, quis desafiar-me a sério e assumir um compromisso que me levasse a fotografar mais e fora da minha zona de conforto.

A Retratografia é um desafio mensal criado pela Catarina, do Joan of July, que sentiu a necessidade de voltar à fotografia de retrato, que tanto prazer lhe dava. E eu, que adoro retratos, não podia dizer que não.

Mas não estamos sozinhas, ah pois não!
Neste grupo da Retratografia, podem ainda contar com a participação das seguintes pessoas incríveis:

♥ Catarina Alves de Sousa – Joan of July
♥ Ana Garcês – Infinito Mais Um
♥ Artur e Daniela– Palavra-Padrão
♥ Joana Sousa – Jiji
♥ Marta Moura – FashiONoir
♥ Marisa Cavaleiro – Marisa’s Closet
♥ Fatia Mor – Vida Às Fatias
♥ Beatriz Nascimento – Vinte Um
♥ Natália Rodrigues – Escrever, Fotografar, Sonhar
Mami

Façam favor de clicar nos links e verem as suas interpretações ao tema!

Janeiro #1 | Night Owl

A cada mês corresponde um tema e, Janeiro de 2019 é dedicado ao Night Owl. A fotografia noturna tem estado super na moda, principalmente se andarmos pelo instagram, o que mais vemos são retratos incríveis com luzes neon à mistura. Foi daí que retirei a inspiração dos meus retratos.

Quis aproveitar as luzes de Natal e da Wonderland para criar as fotografias para este primeiro desafio mas, no dia que escolhi para lá ir, não tive muita sorte pois as coisas fechavam cedo – Well done, Margarida!

De qualquer forma, não livrei a minha irmã de algumas “flashadas” e figurinhas engraçadas pelas ruas de Lisboa.

Não obstante, quis também produzir uns autoretratos caseiros nessa onda mais néon, mas como não é coisa que haja cá por casa, usei um wallpaper e a luz do computador, e foi este o resultado.

♥ | Todas as fotografias foram tiradas com a Canon 77D e editadas através do Lightroom Mobile.

10 comments

    1. Oh joaninha, ainda bem que gostaste! <3
      Confesso que foi um desafio e que gostava de ter feito outras coisas, mas nem sempre é possível.

      Olha, para dizer a verdade, vinha meio "desiludida" com algumas fotos que tinham pouca nitidez e a luz não caia bem onde eu queria, então pensei que precisava era de estudar essa parte, lembrei-me de testar com a luz do computador e um wallpaper mais "fancy-neon", como já tinha visto em alguns tutoriais de fotografia de produto. E olha, essa saiu assim. Foi bom para perceber a questão da luz. 😀

    1. Obrigada Marta, a última foto tentei inspirar-me nas fotografias em neon que agora tanto se usam. Quando fotografei a minha irmã rua, tive alguma dificuldade em determinadas fotos porque a incidência da luz não era a mais correta e por isso, decidi fotografar com a luz no computador e perceber como é que ela incidia nos diferentes ângulos. Confesso que acabei por gostar do resultado desta foto.

      Beijinhosss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge

Segue-me

  • Senão podes apanhar um avião para viajares, pega num livro e deixa-te levar.
.
Se és como eu e, nem sempre consegues manter uma rotina de leitura, porque não experimentas um desafio mensal?
.
Aqui ficam alguns em que podes participar:
• #umaduziadelivros da @ritadanova;
• @umlivrodebaixodaasa da @ascavalitasdovento;
• @hmbookgang da @helenaimagalhaes ;
• #thebibliophileclub da @asofiaworld • Livros à Sexta, do @armazemdeideiasilimitada 
Não há desculpas para não ler 📚
  • Dos meus 28 anos, vivi durante dois nesta rua. Não foi a minha segunda morada, antes disso ainda passei por outras paragens. No entanto, nenhuma me marcou como esta.
.
Acredito no destino, que não há coincidências e que a vida, nos espera onde fazemos falta.
.
Foi em Cascais que tive a primeira prova nacional em 2009. Foi em Cascais que embarquei numa aventura incrível, em 2012, onde cresci enquanto pessoa e como treinadora, durante os três anos que se tornaram a minha vida. E foi exatamente a Cascais que voltei, na primeira prova, depois de três anos fora da ginástica.
.
A vida é muito sábia. Faz-nos sempre voltar a casa. ❤️
  • A pensar que quando lá voltar, tenho um punhado de visitas a fazer a Barcelona de 1945.
.
🖤 Zafón, do meu coração.
  • Quem me conhece sabe que tenho um fraquinho para a palhaçada e que gosto de brincar e tentar ser cómica.
.
Nem sempre consigo (ahah) mas é algo que gosto de explorar. Bem como fazer estas brincadeiras, estes trocadilhos, por vezes inteligentes.
.
É como diz o outro: “Entendidos vão entender”!🙈😝📸
  • Aprender, treinar, treinar, melhorar.
.
Não há forma de dizer isto, nem outra maneira de o fazer. Só com treino podemos melhorar as nossas capacidades.
.
Ando a testar novas edições, novas ferramentas e a tentar trazer mais qualidade para as minhas fotografias.
.
O caminho, faz-se caminhando. 👣
.
(Deslizando:
1. Fotografia editada no Lightroom e finalizada no Photoshop; ➡️ 2. e 3. Detalhes: ➡️ 4. Arquivo RAW)
  • Às vezes andamos tão em baixo que, quando menos esperamos, cai-nos no colo mimos que só podemos agradecer com muita gratidão e aprender que a vida é mesmo assim, feita de fases.
.
No início do mês recebi um convite para dar um workshop de fotografia. Foi a primeira vez que o fiz. Podia ter tido um medo tal que me fizesse recusar, mas aceitei-o com todo o entusiasmo do mundo.
.
Foi uma experiência incrível e fiquei certa, de que quero voltar a repetí-la.
.
Andei muito caladinha em relação a isto, porque queria que desse tudo certo. E deu! 🙏🏻
.
 Hoje conto-vos tudo ao pormenor, no blog.
[link na bio]