“Uma Cena Muito Gira”, por Cascais | by Armazém de Ideias Ilimitadas

Quantas vezes pararam para conhecer, com olhos de ver e coração aberto, a cidade onde vivem?
Pois bem, esse foi o mote lançado pela Susanita e pela Rosarinho, do blog Armazém de Ideias Ilimitadas, quando me convidaram – a mim e a mais umas miúdas super inspiradoras – para “Uma Cena Muito Gira”, por Cascais.

Para quem não sabe, eu vivi durante três anos em Cascais, que considero como minha segunda casa. Foi lá que arrisquei a minha independência, foi lá que me encontrei com o mar todos os dias, foi lá que fiz amigos para a vida, que aprendi sobre mim e sobre aquilo que fazia, que alcancei palcos que nunca antes tinha pisado, foi lá que me apaixonei pelo amor da minha vida.

Cascais, tem muitos significados para mim. Caminhei muito por todas aquelas ruas, mas nunca, nunca tinha conhecido Cascais pelos olhos de outra pessoa. E foi mesmo isso que aconteceu, pela querida Marisa, que agradeço já toda a sua disponibilidade de nos levar a rever lugares tão especiais para mim e também, dar-lhes um significado diferente, com a sua história.

Quero partilhar convosco não só por onde andamos, mas também algumas fotografias que fui tirando durante este dia.

Começamos o dia com um brunch incrível tomado no Dona Flor Café & Bistro, que me deixou de barriga cheia mas completamente feliz! Acho que poderia de viver de brunchs todos os dias, que não me importava.

Seguimos pela vila, pelas suas ruas incríveis, onde a arte secular se mistura com o contemporâneo da arte urbana. Com as histórias e influências do tempo de D. Carlos I e do pai D. Luís I de Portugal, as imagens da corte passeando-se em direção à Baia e da expectativa de nos cruzarmos com esse “rei do povo” atual, que é o nosso presidente da república, Marcelo Rebelo de Sousa (não tivemos tal sorte).

Aproveitei para roubar uns quantos retratos, no parque Marechal Carmona e para conhecer esta livraria incrível – a Déjà Lú – que vende livros já lidos e cujas vendas revertem inteiramente a favor da Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21. É um projeto incrível, com uma qualidade imensa, num espaço que me deixou a sonhar e com a vontade de lá viver. Encontram de tudo e o que mais me impressionou foram os títulos tão recentes que têm com um valor impressionante. Vou voltar, de certeza!

A Déjà Lú, encontra-se fixada no Art District dentro da Cidadela de Cascais e todas as pessoas que lá trabalham são voluntários, para esta causa tão importante. Façam o favor de conhecer, vão adorar!

Muito obrigada às queridas Susana e Rosarinho por este convite e dia tão bonito, foi um prazer estar na vossa companhia!

uma-cena-muito-gira-cascais-2 (4)

E porque não, lançar-vos o desafio e organizarem para os vossos amigos “Uma Cena Muito Gira”, nos locais onde vivem? Quão verdadeiramente conhecem a história dos recantos por onde passam todos os dias?

VAI ACONTECER | 17 DE NOVEMBRO

No dia 17 de Novembro de 2018, vai acontecer o Open Day do Armazém de Ideias Ilimitadas, onde de várias atividades ao vosso dispor, vou participar numa mesa redonda com o tema “Porquê Bloggar? – O que nos Motiva”. Vai acontecer no Souk – Mercado do Mundo, em Cascais e vou estar acompanhada das minhas queridas amigas e bloggers: Andreia Moita, Vânia Duarte, Catarina Alves de Sousa e Joana Clara. Estou super entusiasmada e espero ver-vos por lá!

4 comments

  1. Querida Margarida!
    Que bom foi aquele sábado na tua companhia e que bom é, agora, ler este teu post. Saber que Cascais é a tua segunda casa e sentir a nossa vila através das tuas palavras enche o nosso coração de alegria.
    Gratas por esta tua partilha e mais uma vez obrigada por voltares a Cascais no dia 17 de novembro.
    Rosarinho e Susana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge

Segue-me

  • Conheci a Neuza, quando me convidou para falar no seu podcast @salteidosofa.

Desde então, as nossas vidas têm se cruzado várias vezes.
Desta vez, confiou em mim para capta-lá de forma genuína para a sua marca pessoal. 
O objetivo era, não só fazer umas fotografias mais formais para ilustrar o site e conteúdos, como também mostrar as suas características e personalidade.

Fiquei tão feliz com o trabalho final. O que acham?

#fotografiademarca #brandingphotography #mpestanaphoto
  • Um, dó, li, tá?
  • Muitas vezes me esqueço de ser eu.

Isto não quer dizer que esteja a fingir ser outra pessoa, de todo. Mas tenho tendência a esconder-me, a reprimir-me, na procurar da aprovação pelo outro.
Funciona um pouco como estar preso, dentro de si mesmo. Não é saudável. E dá umas saudades daquelas.

Tenho consciência que é algo que preciso trabalhar diariamente. 
Mais do que o reconhecimento do outro, devo procurá-lo dentro de mim. Tudo o resto, será bónus. 📸 ph: @anacouceiropires
  • Boa semana, que seja super produtiva.

Por aqui vai ser de muito trabalho! E por aí ? 💪🏼 Go Go Go!
  • A real justificação de: por onde é que começo?

Não! Amava, mas não é de hoje. Hoje estamos mesmo de pijama a dar corda às edições.
Vida de #bosslady também é isto, trabalhar ao domingo.

Para quem tem outras sortes, bom descanso!
  • Para quem trabalha em casa, sabe que manter uma rotina e a disciplina de sermos produtivos, pode ser um grande desafio.

Eu adoro trabalhar fora de casa, principalmente se estiver acompanhada de pessoas que estão a viver o sonho de trabalhar por conta própria. É uma forma de nos manter motivadas, de ter uma segunda opinião de fora, que tantas vezes nos ajuda a ver para além do que são as nossas fronteiras.

Ontem passei o dia a trabalhar no @wishslowcoffeehouse no Lx Factory. Achei óptimo que tenham um espaço dedicado a computadores, com tomadas elétricas e a "melhor vista para o café". Têm também ligação Wi-Fi, uma data de revistas que inspiraram e não há problema se lá ficares o dia todo. Ninguém te chateia.
.
A única coisa menos boa, é os bancos serem um bocadinho desconfortáveis e altos, mas para mim não ter muito espaço para meter as pernas é um #firstworldproblem everywhere. 🤣 Ahah a malta mais pequena, vai adorar! .
Digam-me os vossos espaços preferidos para trabalhar?
Todos os meses vou tentar experimentar um novo.