Wishlist dos 28 | #maggysbday

wishlist-dos-28-by-georgia-de-lotz-via-unsplash

Estou quase a fazer 28 anos. Caraças, já? Daqui a nada entro nos 30 e depois já não há maneira de voltar atrás!

Começo hoje uma série de aniversário: #maggysbday, com uma wishlist. Confesso que, há uns anos, quando o blog era só uma espécie de rascunho na minha cabeça, este era um dos artigos que mais queria fazer. Uma versão descontraída e leve que trazia não só o sonho como também o desejo. Não custa sonhar, não é?

Não é que alguma vez vá receber isto, nem a ideia é que a malta venha cá fazer um check e riscar o artigo da lista, mas fica no ar, para quem quiser apanhar. – muahahaha xD
Tenho de dizer também que a Ana Garcês – do Infinito Mais Um – é a minha diva dos wishlists e que foi ela, que me inspirou a fazer este género de post. Por isso, aqui vai!

  1. Páginas de Livros Infantis Rejeitadas

Começamos com livros ou melhor um muito especial. Apesar de andar a ler mais do que em todos os outros anos juntos, não tenho lido tanto como gostava. A verdade, é que tenho alugado todos os livros na biblioteca – porque a rede de bibliotecas aqui da minha zona é ótima e tem livros bastante recentes – o que me ajuda a poupar imenso, mas por outro lado, como tenho um tempo limitado para ler (até 1 mês) acabo por começar muitos e deixá-los a meio. E vocês pensam, mas um mês dá perfeitamente para ler um livro! É verdade, dá sim!

Não vos acontece, por vezes, terem fases em que demoram imenso a ler, parece que não se conseguem concentrar e outras, que não querem fazer mais nada senão ler? Volta e meia acontece-me e como tenho visto imensos séries nas horas vagas, acabo por deixar os livros um pouco de parte.

Por isso, a minha Wishlist dos 28, começa com um livro especial. Cruzei-me com este projeto do Nuno Markl e da Marisa Silva, no instagram, e reúne uma data de páginas de livros infantis – as histórias de sempre – que foram submetidas à censura dos tempos modernos, a caminhos diferentes e menos tradicionais. Cada uma é mais engraçada que a outra e faz uma crítica suave e irrepreensível à sociedade e às manias de hoje.

  1. Canon EF-S 24mm f/2.8 STM

Esta boneca vai ser, se tudo correr bem, o meu presente de mim para mim. Para quem não sabe eu tenho uma Canon 77D com uma lente 50mm 1.8 – é na verdade a minha lente kit e a que mais uso para retrato – no entanto, como faço alguns trabalhos em interiores, como por exemplo, o Dividimos a Conta, dificulta um bocadinho porque é uma lente mais indicada para “planos fechados”, por isso preciso de uma lente mais ampla. Sim, sim, o ideal seria uma 24-70mm f/2.8 (dream, little dream!), uma lente muito mais versátil e super espetacular, mas essa vai ter que ficar para outras núpcias, que não há investimento que chegue. Então, ando a pensar trazer a “pancake” cá para casa, o que acham?

  1. Mochila Fotográfica Mini Style – Karly Marques

Ando a precisar também de uma mochila como deve de ser, para transportar o meu equipamento. Conheci esta através da minha diva Karly Marques, que tem um canal de youtube e que aprendo todos os dias imenso com ela, e ela tem esta versão com o seu próprio nome, feita pela loja online Lucas Lapa Photopro. Ele tem imensos produtos superinteressantes, desde cases para lentes, porta-cartões e material fotográfico. Sou-vos sincera, não faço ideia se fazem entregas internacionais, mas como tenho familiares que vão passar o ano novo ao Brasil, vou aproveitar a viagem, para lhes pedir para trazerem esta princesa para mim.

  1. T-shirt Game Of Thrones

Não vou pedir desculpa pelo meu lado geek, mas eu sou muito viciada e louca por Game Of Thrones. Assisti, o ano passado, às 7 temporadas em apenas dois meses e estou “ligada às máquinas” ansiosamente à espera que chegue 2019 para a derradeira e última temporada. Vou sentir falta L! Mas entretanto, ficava super geek-happy se tivesse uma t-shirt destas “Mother of Dragons” da Khalessi ou “A Girl Has No Name”, da Aria Stark. Para quem sente que estou a falar chinês, aconselho mesmo, mesmo a verem Game of Thrones e a insistirem, se já tentarem ver alguma vez sem sucesso.

  1. Os clássicos Adidas Super Star

Tenho um problema terrível com peças de roupa/calçado que uso. Quando gosto de uma coisa, uso, uso, uso até estragar. Nunca consigo ter 3 ou 4 pares de ténis ao mesmo tempo, que tenham um aspeto saudável e bem tratado, porque eu faço questão que ir até ao último dia de vida de cada um deles. Uso-os tanto, ao ponto de irem abrindo a sola ou descascando o material na parte da frente. Até que às tantas, não tenho alternativa. Por isso, estava a precisar de um par de ténis novos, para sermos felizes juntos!

  1. Passion Planner

Como típica blogger que sou, sou louca por estacionário, por cadernos, agendas, organizadores, etc, etc. Este ano, estou à espera da Black Friday, para trazer uma destas para casa. Um planner sem datas e cheio de páginas e reflexões incríveis, para organizar os meus compromissos e o conteúdo aqui do blog. Quem por aí, conhece o Passion Planner? Gostam? Conhecem outras sugestões de marcas, dentro do mesmo género?

  1. Uma escapadinha cá dentro

Das coisas que mais sinto falta é de viajar, vocês já sabem como eu gosto de partir à descoberta do mundo. E quem diz do mundo, diz do nosso país. Uma das coisas que gostava, mesmo de receber nestes 28 era uma experiência ou um fim-de-semana algures no Alentejo ou no centro do país. Ficar dois dias na calma e tranquilidade do campo, com uma piscina interior, uns livros e com a minha companhia. Em Abril de 2016, fui passar uns dias ao Hotel da Montanha, em Pedrogão Pequeno e foi tão bom. Uma paisagem incrível (que infelizmente acabou por ser fustigada pelo os incêndios do ano passado), a serenidade de se estar entre montes e vales e um estufado de polvo que ainda me deixa água na boca, só de relembrar.

Este ano, alinhava em algo parecido, mas talvez mais perto e durante o fim-de-semana. Alguém quer ser um fofinho e oferecer-me uma experiência destas?

wishlist-dos-28-escapadinha-hotel-da-montanha
Abril de 2016, Hotel da Montanha – Pedrogão Pequeno

♥ | Há mais aniversariantes de Novembro, por aí? Contem-me lá, qual é a vossa wishlist para este aniversário?

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge

Segue-me

  • Tenho saudades de levantar voo. Do friozinho na barriga quando sentes aquele ímpeto em direcção ao céu.
Pertenco a todos os lugares onde nunca fui e me esperam. E a todos aqueles onde deixei um pouco de mim.

Para onde vou agora?
// postcard from Geneve, 2015.
  • Não é o #10yearschallenge mas a diferença é de apenas um ano.

Em agosto de 2010, rumei a Cabo Verde com o grupo de escuteiros em que me incluía.
Já nesta altura a máquina fotografica me acompanhava.

Comecei a tomar mais gosto e a desejar ter esta princesa, quando o Rui, meu colega de grupo, começou a levar a dele para os acampamentos e atividades. Os meus olhos brilhavam sempre que pegava na máquina fotográfica dele e desatava a disparar cliques aqui e ali. Ainda sem grande noção do que fazia, sem grande intenção, mas extremamente apaixonada.

Depois de Cabo Verde, andamos por Londres, Barcelona, Antuérpia, Bruxelas, Paris, Genebra e tantas outras cidades do País, sempre juntas.

Tenho a minha 77D há menos de um ano. Fizemos a primeira viagem até Madrid e já só sonho com novas aventuras por aí fora.
Se há coisa que gostava, era de viajar pelo mundo para o fotografar.

Também tens um sonho, daqueles incríveis? 📸 @ruipperes
  • "Gostaria de crer que isto é uma história que estou a contar. Preciso de crê-lo. Tenho de crê-lo. Aquelas que conseguem acreditar que semelhantes histórias são apenas histórias, têm melhores possibilidades.
Se é uma história que estou a contar, então posso controlar o fim. Então haverá um fim, para a história, e a vida real virá depois. Posso retomar o fio onde me interrompi."
.
📚 // ainda não cheguei a meio desta história e ja me embrulhou o estômago várias vezes.
.
Assusta-me pensar que, talvez não tenha sido há tanto tempo assim uma realidade semelhante ou que, a distância futura não me pareça tão descabida.
.
É aterrozizador pensar nisto, mas quando olho o mundo a cru vejo a loucura insana e o desrespeito constante pelo outro.
. 
É uma história perturbadora mas é também um agitador de águas. Que tenhamos a lucidez necessária para reconhecer todos os sinais!
.
➸ para janeiro em #umaduziadelivros: Crónica de Uma Serva, de Margaret Atwood
  • Mais 365 novos dias para fazermos o que nos faz feliz.

Estou a aproveitar esta semana para preparar o ano, que não consegui deixar tudo pontinho antes do final do ano. É mesmo assim, fazer e refazer. 🙈

Estou a aproveitar as dicas que a @filipammaia deixou num dos seus videos do YouTube e a construir - passito a passito 💃 - o planeamento para os próximos 6 meses. Dá tantooooo jeito, mesmo para quem não tem um negócio, é interessante pensar naquelas questões todas ⇛ Ide lá ver 🙌🏼 // Quem reparou que temos um visual diferente por aqui?
É verdade, este refresh vem acompanhar o blog que também tem cara lavada, para ver já amanhã! 🤗

Aos inícios! 🥂
#mpestanaphoto
📷 @anapestana_
#tribejldesign
  • ⟴ DIVERSÃO // Foi esta a palavra que escolhi para me acompanhar no ano de 2019.
Se o ano que passou foi muito dedicado ao trabalho e à descoberta de mim mesma neste aspecto, agora é tempo de relaxar um bocadinho e curtir.

Falta-me isso. Falta-me rir até doer a barriga, fazer coisas meio malucas e aproveitar. Não quero muito, não existem muitas resoluções a não ser, divertir-me. Curtir tudo o que vier. Equilibrar o Yin-yang e priorizar ser feliz, seja lá como for.

Que o vosso ano, seja também repleto de diverso.
💃🎉
#mpestanaphoto
#tribejldesign
  • ⟴ DIVERSÃO // Foi esta a palavra que escolhi para me acompanhar no ano de 2019.
Se o ano que passou foi muito dedicado ao trabalho e à descoberta de mim mesma neste aspecto, agora é tempo de relaxar um bocadinho e curtir.

Falta-me isso. Falta-me rir até doer a barriga, fazer coisas meio malucas e aproveitar. Não quero muito, não existem muitas resoluções a não ser, divertir-me. Curtir tudo o que vier. Equilibrar o Yin-yang e priorizar ser feliz, seja lá como for.

Que o vosso ano, seja também repleto de diverso.
💃🎉
#mpestanaphoto
#tribejldesign