Wishlist dos 28 | #maggysbday

wishlist-dos-28-by-georgia-de-lotz-via-unsplash

Estou quase a fazer 28 anos. Caraças, já? Daqui a nada entro nos 30 e depois já não há maneira de voltar atrás!

Começo hoje uma série de aniversário: #maggysbday, com uma wishlist. Confesso que, há uns anos, quando o blog era só uma espécie de rascunho na minha cabeça, este era um dos artigos que mais queria fazer. Uma versão descontraída e leve que trazia não só o sonho como também o desejo. Não custa sonhar, não é?

Não é que alguma vez vá receber isto, nem a ideia é que a malta venha cá fazer um check e riscar o artigo da lista, mas fica no ar, para quem quiser apanhar. – muahahaha xD
Tenho de dizer também que a Ana Garcês – do Infinito Mais Um – é a minha diva dos wishlists e que foi ela, que me inspirou a fazer este género de post. Por isso, aqui vai!

  1. Páginas de Livros Infantis Rejeitadas

Começamos com livros ou melhor um muito especial. Apesar de andar a ler mais do que em todos os outros anos juntos, não tenho lido tanto como gostava. A verdade, é que tenho alugado todos os livros na biblioteca – porque a rede de bibliotecas aqui da minha zona é ótima e tem livros bastante recentes – o que me ajuda a poupar imenso, mas por outro lado, como tenho um tempo limitado para ler (até 1 mês) acabo por começar muitos e deixá-los a meio. E vocês pensam, mas um mês dá perfeitamente para ler um livro! É verdade, dá sim!

Não vos acontece, por vezes, terem fases em que demoram imenso a ler, parece que não se conseguem concentrar e outras, que não querem fazer mais nada senão ler? Volta e meia acontece-me e como tenho visto imensos séries nas horas vagas, acabo por deixar os livros um pouco de parte.

Por isso, a minha Wishlist dos 28, começa com um livro especial. Cruzei-me com este projeto do Nuno Markl e da Marisa Silva, no instagram, e reúne uma data de páginas de livros infantis – as histórias de sempre – que foram submetidas à censura dos tempos modernos, a caminhos diferentes e menos tradicionais. Cada uma é mais engraçada que a outra e faz uma crítica suave e irrepreensível à sociedade e às manias de hoje.

  1. Canon EF-S 24mm f/2.8 STM

Esta boneca vai ser, se tudo correr bem, o meu presente de mim para mim. Para quem não sabe eu tenho uma Canon 77D com uma lente 50mm 1.8 – é na verdade a minha lente kit e a que mais uso para retrato – no entanto, como faço alguns trabalhos em interiores, como por exemplo, o Dividimos a Conta, dificulta um bocadinho porque é uma lente mais indicada para “planos fechados”, por isso preciso de uma lente mais ampla. Sim, sim, o ideal seria uma 24-70mm f/2.8 (dream, little dream!), uma lente muito mais versátil e super espetacular, mas essa vai ter que ficar para outras núpcias, que não há investimento que chegue. Então, ando a pensar trazer a “pancake” cá para casa, o que acham?

  1. Mochila Fotográfica Mini Style – Karly Marques

Ando a precisar também de uma mochila como deve de ser, para transportar o meu equipamento. Conheci esta através da minha diva Karly Marques, que tem um canal de youtube e que aprendo todos os dias imenso com ela, e ela tem esta versão com o seu próprio nome, feita pela loja online Lucas Lapa Photopro. Ele tem imensos produtos superinteressantes, desde cases para lentes, porta-cartões e material fotográfico. Sou-vos sincera, não faço ideia se fazem entregas internacionais, mas como tenho familiares que vão passar o ano novo ao Brasil, vou aproveitar a viagem, para lhes pedir para trazerem esta princesa para mim.

  1. T-shirt Game Of Thrones

Não vou pedir desculpa pelo meu lado geek, mas eu sou muito viciada e louca por Game Of Thrones. Assisti, o ano passado, às 7 temporadas em apenas dois meses e estou “ligada às máquinas” ansiosamente à espera que chegue 2019 para a derradeira e última temporada. Vou sentir falta L! Mas entretanto, ficava super geek-happy se tivesse uma t-shirt destas “Mother of Dragons” da Khalessi ou “A Girl Has No Name”, da Aria Stark. Para quem sente que estou a falar chinês, aconselho mesmo, mesmo a verem Game of Thrones e a insistirem, se já tentarem ver alguma vez sem sucesso.

  1. Os clássicos Adidas Super Star

Tenho um problema terrível com peças de roupa/calçado que uso. Quando gosto de uma coisa, uso, uso, uso até estragar. Nunca consigo ter 3 ou 4 pares de ténis ao mesmo tempo, que tenham um aspeto saudável e bem tratado, porque eu faço questão que ir até ao último dia de vida de cada um deles. Uso-os tanto, ao ponto de irem abrindo a sola ou descascando o material na parte da frente. Até que às tantas, não tenho alternativa. Por isso, estava a precisar de um par de ténis novos, para sermos felizes juntos!

  1. Passion Planner

Como típica blogger que sou, sou louca por estacionário, por cadernos, agendas, organizadores, etc, etc. Este ano, estou à espera da Black Friday, para trazer uma destas para casa. Um planner sem datas e cheio de páginas e reflexões incríveis, para organizar os meus compromissos e o conteúdo aqui do blog. Quem por aí, conhece o Passion Planner? Gostam? Conhecem outras sugestões de marcas, dentro do mesmo género?

  1. Uma escapadinha cá dentro

Das coisas que mais sinto falta é de viajar, vocês já sabem como eu gosto de partir à descoberta do mundo. E quem diz do mundo, diz do nosso país. Uma das coisas que gostava, mesmo de receber nestes 28 era uma experiência ou um fim-de-semana algures no Alentejo ou no centro do país. Ficar dois dias na calma e tranquilidade do campo, com uma piscina interior, uns livros e com a minha companhia. Em Abril de 2016, fui passar uns dias ao Hotel da Montanha, em Pedrogão Pequeno e foi tão bom. Uma paisagem incrível (que infelizmente acabou por ser fustigada pelo os incêndios do ano passado), a serenidade de se estar entre montes e vales e um estufado de polvo que ainda me deixa água na boca, só de relembrar.

Este ano, alinhava em algo parecido, mas talvez mais perto e durante o fim-de-semana. Alguém quer ser um fofinho e oferecer-me uma experiência destas?

wishlist-dos-28-escapadinha-hotel-da-montanha
Abril de 2016, Hotel da Montanha – Pedrogão Pequeno

♥ | Há mais aniversariantes de Novembro, por aí? Contem-me lá, qual é a vossa wishlist para este aniversário?

2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CommentLuv badge

Segue-me

  • Dei-me conta que não existem muitas pessoas, que falem abertamente do lado mais cru e menos mágico de se ter um negócio por conta própria.

Não sei se conhecem o podcast Officina, mas um dos últimos episódios fala exatamente disso Também na semana passada, estive no terceiro encontro do She Works, onde se falou sobre as mudanças radicais de carreira e me identifiquei com algumas das questões levantadas. Foram estes dois momentos que me inspiraram a escrever sobre isto: o lado cinzento do meu trabalho, que muitas vezes não mostro e que nem sempre é um conto de fadas.

Para ler, no blog.

Um obrigada especial à @officinalis.pt, à @madebychoices, ao @nomadismodigitalpt, à @catalvesdesousa, à @filipammaia e à @cat_daydreams por falarem abertamente sobre a sua experiência! 💞 📸 Na foto estou eu e a querida @brunareisb, captadas por um transeunte, quando fotografavamos para o próximo Retratografia.
  • Um beijinho especial ao meu pai e a todos os pais que nascem quando o maior amor das suas vidas nasce também.
E que eu e a minha lente possamos sempre testemunhar esse amor. 💖
  • Já vamos a meio de Março e tem sido um levantar vôo a alta velocidade.

Peguei nas asas e dei por mim a estabelecer novas rotinas, a organizar a agenda e a fazer acontecer até quando as insónias me fazem uma visita.
Não há tempo para ficar a planar no ar, isso já foi lá atrás.

Há objectivos novos por cumprir e projetos novos para lançar. Ontem foi mais um dia de avanço, de sair do ninho e despir a carapaça - literalmente.

Em breve, vamos contar-vos tudo do @womanlinesphotography
esse projeto bonito que andamos a chocar. Cada coisa tem o seu tempo, e ao que parece o seu tempo está a chegar. 🌺
  • Hoje volto a este lugar bonito que já me viu em várias versões.

Volto à Academia @asnove, onde registei este abraço sentido e tantos outros momentos do Bloggers Camp 2018.

Desta vez é pelo @sheworks.pt que vou e para ouvir ao pormenor as histórias da @filipammaia e da @cat_daydreams, sobre isto de se mudar radicalmente de carreira.

Vejo-vos por lá? 😘
  • Quem é blogger ou empreendor digital e precisa frequentemente de fotografias para o seu projeto, sabe que fotografar dentro de casa pode ser um desafio.
.
Porque a luz varia muito, as sombras são em maior quantidade e a luminosidade é sempre mais precária do que no exterior.
.
Cá por casa é mesmo assim, a luz é pouca e varia bastante em curtos períodos de tempo. É preciso ter algum jogo de cintura para contrariar isso e produzir uma imagem de boa qualidade.
.
Hoje trago-vos um dos meus "must-have" que é nada mais nada menos, do que um refletor feito de cartão branco ou de esferovite. É óptimo para diminuir o impacto e a profundidade das sombras, ter uma fotografia mais homogénea e clara e, não menos importante, super económico.
.
Que acharam desta dica? 👌🏻
. . . 
#dicasdapestana #mpestanaphoto
#photographytips #interiorsphotography
  • Quantas vezes celebram as vossas vitórias?
- Começo eu: raramente.

E por isso, é meio caminho andado para desvalorizar as minhas conquistas, para senti-las como obrigação ou dever.
Estou sempre a esquecer-me disso e a menosprezar o caminho que faço.
Se és como eu, hoje fica aqui escrito: parabéns a mim e parabéns a ti, por tudo o que tens conquistado, por todo o teu trabalho, dedicação e perseverança.

YOU ROCK! 🤘🏼💖
PS: E para comemorar, sexta-feira vou estar no @sheworks.pt para ouvir duas mulheres incríveis falar das suas mudanças de carreira. Vai ser do caraças!